Fala galera,

Completo 10 anos de gestão ativa da minha vida financeira. Volto para 16/06/2007 em pensamento, 24 anos vividos até aquela data. Engraçado que hoje me dei conta que eu não investi durante todo esse tempo. Na verdade, acho “investidor” uma palavra pedante para cacete.

Gosto mais da palavra alocador de recurso, para mim a melhor definição. E quanto mais eu penso mais eu tenho a certeza de que não fui alocador (investidor) por muuuuito tempo.

Comecei há 10 anos atrás guardando o meu dinheiro para algum benefício futuro. Se eu tivesse idéia na época teria começado aos 8 anos de idade e hoje estaria escrevendo esse post de alguma praia, em algum país onde o câmbio fosse favorável (Eis aqui uma dica para manter-se rico :P). Alocador é outra resenha. Esse cara, me considero mesmo desde 2014 e esse processo é longo. Você começa guardando dinheiro, ele vai crescendo, você borra de medo de errar e vai estudando, por obrigação, para não cagar tudo que construiu (desculpem o palavrão, mas é bem isso mesmo).

É, olhando a posteriori tenho certeza!

Acredito demais que investir é de fato para os praticantes e não para os teóricos. Esses últimos, se brincar não tem posição nenhuma em ativos de risco.

Ao longo de 10 anos o processo aconteceu pela soma da prática + burrice. A burrice me levou a tentar entender um pouco, via livros, como que por osmose eu poderia ser um melhor praticante.

E aí, voltando em retrospectiva me lembrei dos 10 livros que tenho como referência hoje e me ajudam demais balizar técnica com comportamento em investimentos.

Abaixo os 10 e suas entregas ao longo deste tempo:

  1. Pai Rico Pai Pobre. Kiyosaki, Robert

Minha porta de entrada em 2007. Esse aí deu um knockout em mim quando li e de fato mudou completamente minha relação com o dinheiro. Fala da relação dos 2 pais com um filho e os comportamentos financeiros que levaram um ao fracasso e o outro ao sucesso. Grande aprendizado é a corrida dos ratos, onde fala sobre o nosso constante “ganhar mais e gastar mais” e acabamos não saindo do lugar.

  1. O Homem Mais Rico da Babilônia. Clason, George S.

Quando acabei de ler o primeiro minha mãe me deu esse e a história vai te envolvendo. Pequeno e de rápida leitura. Aprendi que não era dono do meu dinheiro, que ele era da Mastercard, Bompreço, Net, Condomínio, etc… Depois deste livro aprendi a me pagar primeiro depois aos outros.

  1. Casais Inteligentes Enriquecem Juntos. Cerbasi, Gustavo

Confesso! Comprei porque tinha medo da minha mulher gastar tudo! Rsrsrsrs. Mas depois que ela leu foi exatamente o que eu imaginava. Hoje somos parceiros no assunto, a minha meta é a meta dela e vice-versa. Seria uma confusão esse relacionamento se fosse ao contrário.

  1. Os Segredos da Mente Milionária. Eker, T. Harv

Acho o nome do livro ruim para o que ele entrega. Não se trata de um livro de segredos e mistérios. É um livro sobre atitudes. Como uma pessoa que tem um objetivo pensa e como uma que não tem pensa. Faz você refletir sobre as suas atitudes. Animal esse!

  1. O Jeito de Warren Buffett de Investir. Hagstrom, Robert G.

Esse livro é top! Conta a história de Buffet e como ele compra as empresas. Livro sobre comportamento e tem técnicas de investimentos que vão fazer você refletir bastante sobre as suas.

  1. O Investidor Inteligente. Graham, Benjamin

Esse livro é chato, porém necessário. Extremamente técnico mas para quem quer entrar no mercado de ações e comprar empresas, de fato é uma bíblia. Ele é o pai do Value Investing e grande referência, mentor para Warren Buffet.

  1. Investimentos Inteligentes. Cerbasi, Gustavo

Muito bom e com uma didática simples fala muito de produtos e estratégias para investir no Brasil. Me ajudou muito a entender o comportamento dos produtos.

  1. A lógica do Cisne Negro. Taleb, Nassim

Esse livro chega na fase do alocador, conheço por volta de 2 anos. Fala sobre nossa limitação de raciocínio pelo viés de confirmação que temos através das nosssas experiências. Tomamos estatisticamente escolhas considerando que o futuro irá repetir o passado, e de repente quando todos achavam que só existiam cisnes brancos no mundo eis que aparece um negro. Grande exemplo de cisne negro: Joesley Batista! Quem adivinharia que ele iria aparecer e derrubar a bolsa em 10%?! Reflita sobre suas convicções.

  1. Antifragilidade. Taleb, Nassim

Aqui é onde eu hoje mais me debruço em relação as minhas técnicas de investimentos. Como tornar uma carteira sem fragilidades a cisnes negros. Como fazer proteção, se proteger de riscos de cauda. Taleb é heterodoxo em relação a técnicas de investimentos, onde o senso comum não pega. Seu sócio Mark Spitznagel ficou bilionário com a quebra da bolsa americana. Hoje essa é a minha bíblia e onde começo a entender o paradoxo do alto retorno com baixo risco.

  1. Trabalhe 4 horas por semana. Ferriss, Timothy

Esse daqui é sobre investimento, mas não financeiro. Investimento em tempo! Mudou minha relação com a qualidade de tempo e como eu uso ele para realizar minhas tarefas. Me ajudou muito a utilizar esse recurso que todos nós temos igual, quem souber usar melhor ganha mais. Sim, só para deixar claro, você não irá trabalhar 4 horas por semana depois que terminar de ler o livro. Pelo menos comigo não aconteceu rsrsrs.

É isso galera, um abraço e tchau!

Participe! Deixe seu comentário e amplie a discussão.